RHECADOS DIÁRIOS!

Ao enviar relatórios coloridos e cheios de gráficos que tal enviar uma página com soluções propostas. Dessa forma seu Diretor vai ler!

sábado, 10 de setembro de 2016

7 Dicas para garantir o sucesso em RH

Eu não sei quanto a vocês, mas meu sonho seria que alguém tivesse me chamado quando eu comecei minha carreira em RH e simplesmente me dito como ser bem sucedido. Naturalmente, o sucesso significa coisas diferentes para a maioria das pessoas. Para mim, começou na pós-graduação – significava ganhar dinheiro! E para ser sincera, significava ganhar mais dinheiro do que o meu namorado, que era graduado em finanças. Alguns dizem que sou competitiva.

Ao longo dos próximos 20 anos, eu aprendi que o sucesso na profissão que eu escolhi era muito mais do que dinheiro (embora o dinheiro sempre estivesse entre as 4 coisas mais importantes). Era sobre como eu me sentia no início e no final de cada dia.

Aqui está o que eu posso dizer para quem quer garantir o seu sucesso em RH – ou, francamente, qualquer profissão:

1. Suje as mãos

Nunca peça para sua equipe fazer algo que você ainda não tenha feito ou esteja disposto a fazer com eles. Arregace as mangas e valide os processos ou procure formas de melhorar os aspectos básicos da atividade. Desenvolva uma ou duas planilhas.  Fique até tarde resolvendo a papelada burocrática. Ajuda na busca de candidatos para uma vaga difícil de preencher.

2. Desenvolva resistência a críticas

Você vai, inevitavelmente, trabalhar em uma empresa que pensa que o setor de Recursos Humanos é uma porcaria. Você vai ter seu tapete puxado. Parentes vão questionar o que você faz todos os dias. Piadas serão feitas às suas custas. E daí? Isso acontece em todas as profissões. Seja durão, aprenda a rir e redirecionar a negatividade para a sua vantagem.

3. Não compare sua remuneração com a dos outros

Você pode (já que tem acesso). Você vai (já que não resistirá à tentação). No entanto, nada de bom virá disso.

 4. Vá além do RH

Curiosidade intelectual é a chave para progredir em Recursos Humanos. Como tal, você precisa sair e aprender algo complementar ao RH. Gerenciamento de projetos, por exemplo. Eu lhe garanto: em algum momento você vai receber uma implementação de sistema, uma tarefa de branding relacionada ao recrutamento, ou um projeto de integração que vai exigir mais do que o conhecimento básico de Excel.

5. Diga não…

… para planejamento de festas, gerenciamento de instalações, policiamento de qualquer tipo de código de vestimenta, ser responsável pela folha de pagamento e para terninhos azuis.

6. Aprenda a recrutar

Vou ser honesto. Eu subestimei a importância dessa habilidade especial em RH quando eu comecei, provavelmente porque eu era um generalista de Recursos Humanos, passando algumas horas por dia em recrutamento, mas desejando fazer trabalhos mais “importantes”, como pesquisas de clima organizacional. Eu sei. Eu estava delirando. Encontrar, atrair e contratar talentos é o oxigênio de uma organização. Sem isso, você está morto. É muito importante.

7. Tenha orgulho do que você faz – ou caia fora

Recentemente eu entrevistei recentemente uma pessoa que criticou a profissão de Recursos Humanos durante boa parte da conversa. Finalmente lhe perguntei por que ele gostaria de estar associado a algo que ele tinha uma opinião ruim. Ele não conseguiu responder e nossa discussão chegou a um fim abrupto. Se você não pode ficar animado sobre o que você faz e por que você faz isso, vá descobrir outra coisa para fazer.

O sucesso vai assumir muitas formas ao longo de uma carreira. Uma carreira com significado em Recursos Humanos está definitivamente ligada a evolução e adaptação, mas são esses elementos básicos que muitas vezes esquecemos.

Autora: Kathy Rapp, Vice-Presidente Sênior da hrQ, com a responsabilidade de encontrar talentos e ajudar profissionais de RH a alavancar os resultados dos negócios.


Artigo publicado originalmente no 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem, da discussão nasce a sabedoria!