RHecados diários: O que fazer quando o discurso de Recursos Humanos costuma a ser diferente do discurso de alguns gestores? Busque a concordância e realinhe o foco!

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Na crise, seleção para vaga demora porque empresa quer "super-herói'

RHECICLANDO é um espaço para vivenciar as dificuldades e as virtudes em Gestão de RH. 

Todos os depoimentos são extraídos de grupos de redes sociais e os nomes das pessoas e das empresas envolvidas omitidos para preservar a privacidade. 

Os textos são mantidos no original

O objetivo é criar um fórum permanente do cotidiano através de depoimentos reais para, quem sabe, buscar melhorias contínuas no "Rheciclar RH!" 

Se você quiser enviar um depoimento ou uma situação vivenciada que mereça uma divulgação envie por e-mail que eu publico - Vamos melhorar a relação com o RH! Sorria, você está sendo filmado! 
Quer ler as anteriores? Navegue pelo marcador "RHECICLANDO"!

carh.consultoria@gmail.com


O link abaixo gerou alguns comentários!


Tempo de espera por feedback aumentou; processo está mais difícil

"Concordo que é péssimo, mas ela ñ disse nada além da verdade. Cabe lembrar que nem sempre o RH consegue convencer o gestor de que ñ existe super herói. Inclusive, esse jargão é bem conhecido do universo de R&S.

Já tive esta dificuldade tb... Mas o gestor, dono da vaga, acaba esperando apenas até onde ele consegue. Quando ele vê que realmente não existe, ele mesmo abre as possibilidades. O problema é o custo, porque ele acha que a consultoria está ruim, o salário não está atraente, etc...

Não sei se vc leu a reportagem ou somente a chamada, mas o q ela está explicando é q o processo se tornou mais longo em função da busca de um profissional com perfil polivalente, e q, as empresas têm demandado isto em função do baixo headcount para um período de crise... coisa q todos nós de RH estamos vivendo na pele...Além do mais ela está falando das empresas em geral, e não q ela pessoalmente tem este foco.

Concordo plenamente com vc! Estou vivendo isso na pele! Sou profissional de RH, e estou participando de um processo seletivo que quer um candidato "multifunção".

A crise colocou muita gente em situações desconfortáveis. .. mas as vezes o desconforto é tudo q a gente precisa para reajustar as velas e alterar o rumo... 😙
  
Acho que o mais difícil sempre é fazer as pessoas entenderem que o RH é apenas o suporte. Quem decide sobre a contratação é o gestor. E isso inclui os pré-requisitos. O salário (que convenhamos está ridículo) tem base em um orçamento pré-aprovado, pelo financeiro, e a pressão interna é para que se faça um milagre com isso. RH está sempre na berlinda: tem que atender o seu cliente interno e viver em saias justas com candidatos por não ter como fazer algo melhor uma vez que não tem poder para isso. Nesse meio, tem super RHs com certeza. Viver com essa pressão da crise ñ está fácil

Posso ate estar errada, gostaria de vossas opiniões (já que ñ sou de RH), eu tenho 4 filhos. 14, 11, 09 e 4 anos. São independentes, e sempre têm a minha mãe por perto pra ajuda-los em minha ausência. Percebo que o RH se interessa pelo meu perfil, minhas experiências. Costumo ser muito sincera nas entrevistas, e jamais deixei de mencionar meus tesouros. Mas, qdo chego na entrevista com o gestor, sou bombardeada de perguntas a respeito da minha vida pessoal e principalmente dos meus filhos. Não querem somente um "super heroi" ou um colaborador "polivalente", querem pessoas, ainda q despreparadas para determinado cargo, mas que sejam livres e desimpedidas de qualquer responsabilidade. Tenho ficado muito chateada com essa situação...inclusive tenho referencias de todos os meus antigos empregos, e garanto q absenteismo por causa dos meus filhos e atestados...isso nao tenho. Isso precisa ser mudado...é doloroso uma mãe de familia passar por essas situações...ser subestimada dessa forma. Participei de uma seleçao (2° fase) onde tinham 25 pessoas numa sala. 14 tinham mais de 2 filhos e experiencias solidas em vendas e até de gestão, os demais apenas 2 tinham 1 filho cada (eram homens e separados) e metade nao tinham nenhuma experiencia na area. Estes 11 foram os selecionados pra ficarem pra proxima fase....isso se trata de apenas 1 dos casos....

Existe um trabalho enorme de mudança de cultura que precisa ser feito em muitas empresas. E isso, infelizmente, não se muda do dia para a noite. Concordo com você que não é certo usar esse tipo de critério para eliminar alguém e tenho visto - com tristeza - diversos relatos de mulheres sobre essa situação que são de áreas distintas. O que eu tenho para te dizer em relação à isso é que muito provavelmente trabalhar com esse tipo de gestor deve ser tóxico. Então, não se sinta mal por ter se livrado de algo assim (e sim, é um livramento). Para cada empresa com gestores de postura duvidosa também existirá outra que têm gestores profissionais. Lidar com gente é uma das coisas mais difíceis que existe nesse mundo. E nós de RH, infelizmente, não temos o poder de abrir a cabeça desses seres humaninhos pra tirar o que ñ está legal. O trabalho de RH é literalmente de formiguinha e representa uma pequena parcela na gestão da empresa.
Continue sua busca com a certeza de o que é seu está por vir e muito em breve! 😉

As vezes tenho a impressão de que as vagas para as quais eu me candidato, são de mentirinhas. tem tanta vaga nas quais eu me encaixo e nunca sou convocada. nao é possível que uma pessoa q trabalha a tantos anos em RH, nao consiga nada. eu concordo com a colega q fala sobre os filhos. tenho uma filha de 8 anos e ao q parece, aos olhos dos gestores, ela é um impedimento para q eu volte a trabalhar. diferente do que essas pessoas possam vir a pensar, é também por ela, pela minha filha, q me encorajo e me levanto cedo e saio sem hora pra voltar para trabalhar de manicure, "até que o mercado de trabalho me aceite de volta e eu possa voltar para a minha área"

Onde fica o valor humano? Onde fica a felicidade humana? O trabalho é para suprir as necessidades e desejos humanos.Para ter o prazer de criar os filhos.Dar um bom estudo e qualidade de vida para os filhos.Para a família.Será que o gestor não tem sentimentos? Não vê que só produzir e produzir sem beneficiar as pessoas não resulta em nada?Quero eu ter uma grande e um grupo de empresas neste país pra mudar essa situação.Não é justo.Precisamos olhar o lado humano.Daqui uns dias tordos morrerá e será pó.Por isto precisamos valorizar pessoas e não somente dinheiro.Minha opinião.

Querem pagar menos e querem mta qualidade.

E ainda vem aquela: quero alguém que ganhando menos aqui, não vá embora quando a crise passar...rsrs

Acho que algo desse tipo pode aumentar ainda mais a má impressão que mtas pessoas tem à respeito do RH, mta gente ainda acha que a decisão de contratação é totalmente nossa.

E infelizmente, as pessoas estão totalmente equivocadas. Na verdade, ainda existe muito o mito de que o RH é quem abre as vagas, o RH contrata e o RH demite. E, para piorar, em algumas empresas, alguns RHs se sujeitam ao papel fazer desligamentos no lugar do gestor. Só reforça ainda mais essa imagem distorcida de qual é o papel do RH.

Ela e tantos outros profissionais q pensam dessa forma merecem a plaquinha da vergonha.

Sem foi essa merda de critérios desleais, querem um super profissional? Procurem em Marte, ou quem sabe em Júpter!

Mas a verdade e que as empresas estão ficando muito exigentes e querem pagar pouco por isso, me desculpa algumas colegas de profissão que cuida da parte de recrutamento e seleção, mas tem gente que não deveria trabalhar nesta área. A duas semanas atrás fui participar de um processo seletivo para uma vaga de assistente de departamento pessoal, a entrevista começou 40 minutos após o horário marcado, e a menina do recrutamento e seleção ficava o tempo todo virando os olhos cada coisa que eu falava, e enquanto eu estava falando ela começou a ler o currículo de outro candidato que nem estava presente para a entrevista, isso sem falar que ela errou meu nome umas 4 vezes durante a entrevista. Sei que apesar de tudo o pessoal do recrutamento e seleção devem ter respeito pelos candidatos alem de forma nenhuma criticar referente a a cor, aparência, sexo, religião ou idade, mas parece que na prática isso e impossível de acontecer. Obs.: Ela disse que iria dar resposta mesmo se fosse negativa, mas nem fez isso, e quando fui ligar perguntando se já tinha resposta recebo a noticia que ela entrou de ferias e o processo já tinha sido finalizado.
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem, da discussão nasce a sabedoria!