RHecados diários: Quando um Gerente influente lhe diz que "tal atividade é perfumaria" como você reage? Argumenta e valida ou apenas aceita?

terça-feira, 6 de março de 2012

Curhtas e Rhápidas: Uma nova era em que o executivo de RH tem o poder

O artigo abaixo complementa minha mensagem anterior: Os RH´s estão realmente preparados para frequentar o andar de cima?

Fonte: Fernando Scheller - blogs.estadao.com.br

Uma nova era em que o executivo de RH tem o poder

"Com a escassez de mão de obra em diversas áreas, especialistas em gestão e carreiras afirmam que a importância do executivo de recursos humanos tende a crescer dentro das grandes companhias. Um deles é Moisés Sznifer, professor da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e fundador da consultoria Idea: ele lembra que empresas que dependem de pessoal de alto nível, como o Google, já têm a figura do Chief People Officer (CPO), que confere mais importância ao responsável pela gestão de pessoas. Outro exemplo de companhia que já tem o CPO é a gigante varejista Walmart.

Segundo Ricardo Gomez, diretor da consultoria da IBM para América Latina, uma das maiores preocupações atuais dos presidentes de empresa é a escassez de mão de obra treinada. Segundo ele, com o desemprego em queda e oportunidades disponíveis, é mais difícil “fidelizar” bons profissionais e a rotatividade tende a aumentar. Portanto, uma boa política de RH é chave para a retenção de talentos. Ele afirma que, no Brasil, o executivo de pessoas ainda não chegou aos altos escalões. “Se isso acontecer, acho que as pessoas que ocupam os cargos também vão mudar.”

E você? Acha que o RH merece mais importância dentro das empresas? Tem alguma história que mostra que isso ainda não ocorre na prática? Dê sua opinião."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentem, da discussão nasce a sabedoria!